Criar bebés

Apr 15, 2011 by

Print Friendly

Muitas pessoas acham que devem escolher um coelho jovem quando compram um. Esta pode ser uma escolha errada.

Mito: Um coelho jovem é mais fácil de ensinar.

Verdade: Um coelho adulto, castrado, é mais fácil de ensinar a ir ao caixote do que um bebé. Tal como uma criança ou um cachorrinho, um coelho jovem tem acidentes e necessita de ser limpo durante o treino. Quando os coelhos chegam à maturidade sexual (3-6 meses), ele/ela pode começar a urinar em borrifo e pode parecer que esqueceu todo o treino de ir à caixa que nos deu tanto trabalho. Nesse ponto, obtenha uma referência de um veterinário da HRS e mande castrar o seu coelho.

Mito: A minha criança precisa de um coelho bebé para poderem crescer juntos.

Verdade: A sua criança não saberá tratar do seu coelho e poderá magoá-lo. O coelho é da responsabilidade dos adultos, seja qual for a idade da criança. Os coelhos são animais fisicamente delicados e são uma má escolha para uma criança com menos de cinco anos. Se apanhados, os coelhos não são capazes de se segurar. Se o coelho é tratado como um membro da família e se a bricadeira com o coelho for supervisionada, então uma criança pode crescer com um coelho. Um coelho adulto e grande obterá mais respeito das crianças.

Mito: Os coelhos bebés são naturalmente dóceis.

Verdade: Os coelhos bebés são activos, brincalhões e roem tudo à vista. São muito mais destrutivos do que a maior parte dos coelhos adultos. Também é difícil dizer qual a personalidade do bebé quando for adulto.

Mito: Os coelhos bebés adoram ser agarrados e mimados.

Verdade: A maior parte dos coelhos bebés está demasiadamente ocupada a correr loucamente pela casa, a passar espremidos por detrás dos móveis e a mastigar rodapés e tapetes para serem segurados muito tempo. À medida que o coelho envelhece, irá acalmar e virá sentar-se ao pé de nós e, possivelmente, gostará de ser segurado. Claro que cada coelho, como cada pessoa, é diferente. Estas são observações gerais.

Então quem deve ter coelhos bebés?

Um coelho bebé é uma boa escolha para quem tem muito tempo livre, uma casa que possa ser roída, e para que o coelho permaneça, devemos esperar acidentes quando o bebé esquece onde fica a caixa do litter, ser paciente e não gritar quando descobrimos que os sapatos novos foram roídos. Não devemos deixar o bebé hiperactivo sozinho por muito tempo fechado na gaiola, devemos saber que o bebezinho pode crescer e ter uma personalidade diferente quando adulto, compreender que quando um coelhinho cresce precisaremos de o/a castrar e não ficar irritado quando o bebé borrifa as paredes com urina. Sabemos que a castração parará esse comportamento. Os coelhos bebés, tal como os adultos, precisam de exercício e de desafios e não devem ficar sempre na gaiola.

Fonte: Monica Cook

Related Posts

Share This